Translate

segunda-feira, 4 de fevereiro de 2013

Graves Erros Litúrgicos!!!

Queridos Irmãos e Irmãs e Cristo Jesus, eu Felipe Botelho vejo novamente aqui através deste meio de comunicação para falar da minha indignação ao participar de uma  missa neste ultimo Domingo numa paróquia de minha Diocese, percebe cada vez mais a falta de instrução litúrgica que esta se tornado uma ferida para a Igreja, O presidente da celebração estava usando paramentos vermelhos bem como os Padre concelebrante e o Diácono pois era festa de São Braz como afirmava o Padre Celebrante em sua homilia, primeiramente quero dizer que São Braz é memória  facultativa ,então opcional rezar ou não a missa em sua memória durante a semana mas como todos sabem dia 3 era o 4º Domingo do Tempo comum e os paramento seriam verdes , pois é proibido mudar a missa no Domingo e ainda tem mais, o Padre inventou as orações da Coleta, do ofertório e pós comunhão ele não usou nem a do dia e nem a de São Braz, sendo isto extremamente proibido como diz na Instrução Geral do Missal Romano e para completar o Padre não Rezou a Oração do Creio que é obrigatório se rezar na Missa Dominical tendo eu que rezar no Final depois da Missa. Então quero postar neste Blog uma Postagem do Blog Salvem Liturgia  no qual o Cardeal Ratzinger então o Papa Bento XVI fala sobre:

Cardeal Ratzinger: “A grandeza da liturgia fundamenta-se exatamente na sua não-arbitrariedade”


Citação do Cardeal Joseph Ratzinger comentada por Sua Excelência Reverendíssima Dom Henrique Soares da Costa:
A propósito da “reforma pós-conciliar”, Ratzinger explica: “Depois do Concílio Vaticano II generalizou-se a idéia de que o Papa poderia fazer aquilo que desejasse em matéria litúrgica, sobretudo agindo em nome de um concílio ecumênico. Desse modo, aconteceu que a idéia da liturgia como algo que nos precede e não pode ser ‘fabricada’ segundo nossa própria vontade, foi desaparecendo em larga escala na consciência difusa do Ocidente [1]. No entanto, de fato, o Concílio Vaticano I [2] não quis de modo algum definir o Papa como um monarca absoluto, mas, ao contrário, como o primeiro guardião da obediência em relação à Palavra transmitida: o seu poder é ligado à Tradição da fé e isto vale também no campo da liturgia [3]. Se se abandonam as intuições fundamentais da Igreja antiga, chegar-se-á realmente à dissolução dos fundamentos da identidade cristã. A liberdade do Papa não é ilimitada; ela está a serviço da santa Tradição. Menos ainda se pode concordar com uma genérica liberdade de fazer que, desse modo, transformar-se-ia em arbitrariedade para com a essência da fé e da liturgia. A grandeza da liturgia – deveremos ainda repetir muito freqüentemente – funda-se exatamente na sua não-arbitrariedade” [4]. (Do livro Introduzione a Ratzinger, de Dag Tessore) 
[1] Ocidente, aqui, é a Igreja latina, a nossa Igreja de rito latino, ao contrário das igrejas católicas de ritos orientais unidas a Roma ou as igrejas ortodoxas separadas de Roma.
[2] Esse Concílio definiu solenemente, como dogma de fé católica, o poder do Papa sobre toda a Igreja, bem como sua infalibilidade em assuntos de fé e moral.
[3] O Papa não é o dono da Igreja. Ele é o primeiro que deve obedecer e ensinar seus irmãos a fazerem o mesmo. Um Papa infiel à fé e à Tradição da Igreja já não seria Papa, seria um herege.
[4] A intuição de Ratzinger é perfeita: a Liturgia não pode ser fabricada por nós nem pela comunidade que celebra. Se assim fosse, a tal comunidade somente celebraria a si própria, seus sentimentos e sua subjetividade! A comunidade - e cada cristão -, é chamada a sair de si mesma para entrar no âmbito de Deus, que é Mistério Santo que se nos dá através de Cristo na potência do Espírito. Somente assim a Liturgia será uma perene novidade, capaz de renovar efetivamente a nossa vida. Fora disso, a celebração será somente auto-celebração e não celebração do Mistério de Cristo, tornando-se um ridículo e cansativo teatrinho de mau gosto, um pobre programa de auditório.

16 comentários:

  1. Quem sois vós para julgar?

    ResponderExcluir
  2. Não estou Julgando, estou mostrando a verdade, nem quis revelar a identidade do Padre...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muita gente acha que a missa pode ser celebrada de qualquer modo, sem obediência às prescrições da IGMR e daí a minimizar os riscos que esses abusos litúrgicos representam. A universalidade da Igreja, se expressa principalmente nos ritos litúrgicos.

      Excluir
  3. Eu postei este Texto do Papa Bento XVI para mostrar que a liturgia deve ser zelada!!!

    ResponderExcluir
  4. Mostra a tua cara o erege, eu pelo menos tenho coragem de falar as coisas e não tenho medo de nada!!!! TU NÃO DEVE SER CATÓLICO, TODOS SABEMOS QUE A SANTA MISSA É A COISA MAIS IMPORTANTE DO MUNDO!!!! É O PONTO MAXIMO DA REVELAÇÃO DE DEUS NESTA VIDA!!!

    ResponderExcluir
  5. Afinal, essa criatura de nome "Anônimo" (que nem tem coragem de colocar o próprio nome, nem que seja no final do comentário) quer que se corrija o que neste post? O conteúdo? Alguns erros de português (justificados anteriormente aqui mesmo, por conta do nosso irmão Felipe Botelho fazer as postagens de um Tablet)? O que você deseja criatura? Somos cristãos Católicos e não temos Clarividência, para poder descobrir por nós mesmos quem és tu. Coragem, mostre a sua cara, diga seu nome, criatura abominável (pois quem ataca e não se identifica é abominável!).

    Fiquemos com Deus, e lutemos sempre e sempre para que a Verdadeira Liturgia seja Salva e bem celebrada, para a maior honra e glória de Deus!

    Pax.

    ResponderExcluir
  6. Muito obrigado meu amigo Valbercley, mas esta pessoa Anônima parece que não respeita a valorização da Santa Missa postada por mim neste Blog, mas faz parte sempre tem um herege quer deturpar a celebração da Santa Missa, o seu Dr. Anônimo não como vc tem coragem de comungar na Santa Missa!!!

    ResponderExcluir
  7. Caro Amigo e colega
    Valbercley da Graça Almeida e Felipe Botelho.

    Venho respeitosamente elogiar esse grande trabalho realizado por vocês em conjunto. Penso que o trabalho de redação do texto, seja feita de maneira plausível, para que se tenha uma garantia no texto que apreciamos. Tenho notado em muitas de suas publicações que não, ou seja, quase nunca algo de bem de sua diocese. Não sei se você saberia me informar se já estudou, ou pelo menos, sabe o que é, "Correção Fraterna".
    Quero mostrar-te que não é em um blog, que poderás criar suas absurdas reivindicações, mas sim falando em seu blog algo construtivo, de maneira sólida, com pesquisas dias e noites de trabalho, com fontes de sua diocese, e não com fontes, ou trabalhos realizados pelas outras dioceses, elogiando incansavelmente.
    Será que a sua diocese, não faz um trabalho digno com respeito, ou só serve para ser criticada? Dioceses dos outros sempre são as melhores, porque não tentar transformar a sua diocese a melhor do que os outros? Será que é pela TEOLOGIA que você usa, tem que ser todas as outras? Será que com tantos outros textos que vc escreveu sobre a sua diocese "falando mal", não magoas as pessoas?
    Para que os padres estudam? Se os autores do blog, sabem mais, podem serem ordenados hoje. Que tal?
    Pensem, também serve para quando se publica comentarios.
    "Criticas são sempre construtivas"

    Almeida Botelho

    ResponderExcluir
  8. Primeiramente quero lhe agradecer pelo comentário, segundo a unica Diocese que falo a não ser a minha no meu Blog é a de Frederico Westphalen na qual tenho um amizade verdadeira com o Bispo eu não fico tirando conclusões que lá é melhor que minha Diocese, mas sim eu conheço esta diocese de Frederico Westphalen por isso e faço posts falando bem desta Diocese pelo respeito que se tem pela Sagrada Liturgia e mais um dos únicos Blogs que coloco suas postagens no meu Blog é da minha Diocese que é o Salvem a Liturgia que foi fundado em Santa Vitória do Palmar que é uma cidade que pertence a areá pastoral da minha diocese e mais eu mostro sempre as coisas boas que acontece em minha Diocese como as Missa que eu organizo na Igreja Nossa Senhora da Conceição na qual o Padre que celebra é um Padre Diocesano que tem muito respeito e amor pela Liturgia eu sempre publico as fotos da Missa em meu Blog veja:http://olharliturgico.blogspot.com.br/2012/09/santa-missa-no-23-domingo-do-tempo.html, mas o nome do Meu Blog é Olhar Litúrgico que tem como missão mostra o meu Olhar sobre a Litúrgica percebo cada vez mais a falta de instrução Litúrgica, e mais em nenhum momento eu site o nome da Diocese, da Paróquia e nem do Padre então sei que eu estou fazendo o meu papel de Católico Militante mostrado uma coisa que esta se tronando uma ferida para a Igreja como diz na instrução Litúrgica do Vaticano Redemptionis Sacramentum.

    ResponderExcluir
  9. Caro Amigo e colega
    Valbercley da Graça Almeida e Felipe Botelho.

    Amigo, não consigo em momento nenhum lhe entender, você faz postagem nesse blog "salvem a liturgia"? Na questão a cidade que você cita em seu comentário, você a conhece, ou, você mora nela? Você não respondeu as minhas perguntas que fiz em um comentário anterior, ou seja, você nem deu em algum momento alguma resposta para as minhas perguntas.
    Penso, que nesse momento, se eu tivesse alguma autoridade, iria falar com o Papa Bento XVI para que fechassem todos os seminários menores e maiores, principalmente, e os da província eclesiástica de Pelotas, para poder ordenar os coroinhas, prepotentes, orgulhosos, entre outros. Podemos dizer que vocês podem ser considerado algum animal da barca de noé, na hora que coloca em um blog de grande vergonha internacional para a Igreja Católica Apostólica Romana, "...o nome do <<>> Blog é Olhar Litúrgico que tem como missão mostra o <<>> Olhar sobre a Litúrgica...", que formação liturgica você tem? Em minha diocese o bispo tem que autorizar a fundação de um blog de liturgia, e ele exige que se tenha no minimo uma formação basica de instrução litúrgica, e você o bispo lhe autorizou?

    Almeida Botelho

    ResponderExcluir
  10. Caro Amigo e colega
    Valbercley da Graça Almeida e Felipe Botelho.

    Amigo, não consigo em momento nenhum lhe entender, você faz postagem nesse blog "salvem a liturgia"? Na questão a cidade que você cita em seu comentário, você a conhece, ou, você mora nela? Você não respondeu as minhas perguntas que fiz em um comentário anterior, ou seja, você nem deu em algum momento alguma resposta para as minhas perguntas.
    Penso, que nesse momento, se eu tivesse alguma autoridade, iria falar com o Papa Bento XVI para que fechassem todos os seminários menores e maiores, principalmente, e os da província eclesiástica de Pelotas, para poder ordenar os coroinhas, prepotentes, orgulhosos, entre outros. Podemos dizer que vocês podem ser considerado algum animal da barca de noé, na hora que coloca em um blog de grande vergonha internacional para a Igreja Católica Apostólica Romana, "...o nome do <<< MEU >>> Blog é Olhar Litúrgico que tem como missão mostra o <<< MEU >>> Olhar sobre a Litúrgica...", que formação liturgica você tem? Em minha diocese o bispo tem que autorizar a fundação de um blog de liturgia, e ele exige que se tenha no minimo uma formação basica de instrução litúrgica, e você o bispo lhe autorizou?

    Almeida Botelho

    ResponderExcluir
  11. Agora vou responder as suas perguntas??
    Meu caro, sou apenas um amigo do Blog Salvem a Liturgia, conheço a cidade citada, e mais eu tenho formação sobre o a Curso Avançado da Instrução Geral do Missal Romano no qual eu tenho um em casa e recomendo a você a ler, pois ali mostra a instrução para a verdadeira liturgia que não é inventada pelos Padres ou Bispos, Catecismo da Igreja Católica com Padre Giribone e tenho o Código de Direito Canônico em casa para estudar diferente de você que pelo que parece não ama a liturgia e Igreja, pois a maior catequese é a liturgia bem celebrada fala o papa Bento XVI e mais eu sou o Coordenador da Pastoral Diocesana de Coroinha que no qual fui nomeado pelo Bispo de minha diocese e mais eu não preciso ter autorização do bispo para ter um blog pessoal do qual fala sobre o MEU olhar e o olhar do amigo Valbercley liturgia internacionalmente!!!! Estude mais e tenha mais amor pela liturgia, pois você esta me criticando pessoas que estudaram muito a liturgia e nada do que falamos em respeito a liturgia é mentira, pesquise!!!

    ResponderExcluir
  12. meu Deus! pobre Igreja!

    ResponderExcluir
  13. Pois é agora tudo pode vivemos na igreja o relativismo o papa Francisco esta dando o exemplo, assim sendo faremos tudo que o chefe mandar. Temos de rezar muito porque os progressistas agora tem um papa.

    ResponderExcluir