Translate

quarta-feira, 31 de julho de 2013

Bento XVI é como um pai a quem tenho muito carinho, diz Papa Francisco

Irmãos e Irmãs em Cristo Jesus,

Fico muito feliz com este post do Portal Ecclesia, pois ultimamente a mídia faz muitas comparações falsas entre o Papa francisco e o Papa emérito Bento XVI. Muitas vezes, penso que, estamos vivendo um momento em que as pessoas só sabem enxergar aquilo que a mídia quer mostrar. O Papa Francisco com sua simplicidade e seu jeito espontâneo de ser (personalidade) com certeza marcar seu pontificado, contudo, não podemos esquecer o legado teológico e doutrinário deixado pelo Papa emérito Bento XVI que, num gesto de humildade, quando não tinha mais forças, soube renunciar a condição de Príncipe dos Apóstolos para se colocar no escondimento da vida orante. Francisco se sente muito à vontade entre a multidão, mas é até injusto comparar um pontífice com décadas de experiência pastoral com um acadêmico introvertido que fez praticamente toda a sua carreira eclesiástica em universidades e na Cúria Romana. E, mesmo assim, Bento nunca fugiu dos fiéis ou nunca se mostrou avesso ao contato com as pessoas. O “abraço coletivo” que ganhou dos dependentes de drogas na Fazenda Esperança, em Guaratinguetá (SP), é um dos momentos mais tocantes de sua visita ao Brasil, em 2007. Lembremo-nos que, a Igreja, segue a sucessão apostólica, aonde conduzida por homens espontâneos como João Paulo II, tradicional como Bento ou simples como Francisco, procura conduzir-nos no caminho da verdade apontado por Cristo. Ao Papa Bento XVI o nosso muito obrigado e a Francisco as nossas orações. 

Felipe Botelho 



Durante a improvisada roda de imprensa que o Papa Francisco deu em seu voo ao Vaticano, expressou o carinho que sente pelo agora bispo emérito de Roma, Bento XVI, de quem disse "é como ter um avô em casa, é meu pai", e "eu gosto muito dele".

"Há algo que qualifica minha relação com Bento: eu tenho muito carinho por ele. Sempre gostei muito dele, para mim é um homem de Deus, é um homem humilde, que reza. Eu fiquei muito feliz quando ele foi eleito Papa", expressou Francisco com a simplicidade que o caracteriza.

Por isso, disse que quando Bento XVI anunciou sua renúncia ao pontificado foi um "exemplo de um grande, um homem de Deus, um homem de oração. Ele agora vive no Vaticano e alguns me dizem 'mas como se pode fazer isto, dois Papas no Vaticano, mas não te incomoda?'".

"Encontrei uma frase para isto: é como ter um avô em casa, mas o avô sábio, em uma família o avô está em casa, é venerado, é amado, é escutado. Ele é um homem de uma prudência, não se mete. Eu lhe disse muitas vezes: 'Santidade, faça sua vida, venha conosco'. Ele veio para a inauguração da imagem de São Miguel... Para mim, essa frase diz tudo: é como ter o avô em casa, é meu pai".

Para explicar melhor a proximidade com Bento XVI, o Papa disse que se "tenho uma dificuldade, se não entendo algo, posso ir falar com ele. E quando fui falar desse problema grande do Vatileaks, ele me disse tudo com uma simplicidade". "Não sei se souberam quando nos falou no discurso de despedida, em 28 de fevereiro, 'entre vocês está o próximo Papa e eu prometo obediência'. É grande, é um grande", expressou.

Fonte: ACI Digital

Da redação do Portal Ecclesia.

Nenhum comentário:

Postar um comentário